quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

E do outro lado...a pracinha

Olá morecos!

    Mais uma parte do projetinho referente a pracinha foi executado. Eu tô bem naquela máxima "devagar e sempre", sabe como é? E mesmo tendo aquela vontade mega de fazer logo tudo de uma vez, de ver tudo pronto...estou tendo que me moldar e ir fazendo do jeito que dá.
    A fase da vez foi a parte da pracinha que teve seu projeto incial abortado porque o marido não gostou da planta da jardineira. Lembra disso? Se não lembra é só clicar aqui pra se situar na história.
    Comos vocês vão ver, até pouco tempo atras,o plano era comprar mais duas jardineiras e escolher outras plantas pra colocar nela. Porém, quando fui com o marido escolher as plantas teve-se início um calvário que jamais imaginei nem em pesadelo. O homem não gostava de nenhuma planta que víamos! Visitamos no mesmo dia, em uma peregrinação ingrata, 3 lojas especializadas em plantas e utensílios decorativos para paisagismo, em cada uma vimos uma infinidade de tipos, alturas, cores, estilos, espécies...tudo que é planta que você imaginar, vimos. E quando eu passava por uma que gostava perguntava: "E essa amor?" E ele secamente respondia: " Essa não, muito feia." E esse curto diálogo se repetiu muitas, muitas vezes. Por último eu já perguntava respondendo, tipo: "Essa também é feia amor? e ele torcia o bico e respondia: "É". Eu já quase perdendo a paciência e ele já quase conseguindo transformar meu sábado em um filme de terror quando de repente ele solta: "Hum...gostei dessa". Olhei pra trás rapidamente pra ver qual foi a felizarda que caiu nas graças do moço, mas mesmo que fosse a planta mais horrenda da face da terra daria um sorriso e diria "Vamos levar". Pra minha sorte ela não era feia, pelo contrário é uma mimosura! Não tinha visto a pobresinha, porque naquela altura do campeonato eu não enxergava mais, só concentrava todas as minhas atenções na minha audição, sedenta em ouvir algum comentário favorável.
    Certo que a eleita por ele passou longe de ser minha preferida, mas isso era de se esperar depois uma manhã inteira vendo as mais variadas plantas, flores, arbustos...mas, no final, me afeiçoei a ela. Acho que mais por ela ter me livrado de passar também a tarde procurando o que já tava quase achando que não existia, do que por ela ser perfeita,mass...
    Bom, no final ele escolheu duas plantinhas lindas e as levamos enfim para casa. Detalhe: depois de conhecer tantos nomes de plantas, não lembro nem de longe qual o nome das que ele escolheu. Relevam essa parte? Tava doida pra acabar com aquilo e deixei passar batido esse detalhe.



    Chegando em casa visualizei as tais plantinhas na jardineira de cimento que já tínhamos e não gostei muito do resultado. Maaasss, como jamais(eu disse jamaaais) sugeriria comprarmos outro tipo de planta, resolvi adaptar as novas plantinhas em uma idéia diferente. Umas duas semanas depois...porque aqui em casa tudo é a prestação, chamamos uma pessoa pra fazer a jardineira no chão. E depois chamamos o jardineiro para aparar a cabeleira da grama de novo e pra fazer o detalhe na jardineira. 

Depois de cavar..hora de imaginar o designer da jardineira.
Meninas prontinhas para ir pra sua nova casa.

Jardineiro fiel à postos.

Pra não dizer que não falei da grama,rs.
    E não é que depois delas no lugar adorei o resultado! Por as mudar serem pequenas ainda não tá muito legal, mas quando estiverem maior...o amarelo e o roxo das flores vão dar um efeito muito bacana.
     E até agora ficamos assim:

Já em seus devidos postos.

Ainda estão filhotinhas..mas vão ficar liindas!

Um close no detalhe do separador. Pedrisco de um lado e casca de outro.
 

    E então, o que acharam? Gostaram das substitutas escolhidas pelo exigente maridinho?
   

2 comentários:

  1. Francinaldo-O esposo20 de dez de 2012 16:07:00

    Fora o fato de que fui pintado como uma pessoa altamente exigente, o que não é verdade (kkkkk), gostei muito do post.

    Te amoooo, KAroxinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até concordo viu, vc não é mesmo altamente exigente. Mas naquele dia, aff...sei não o que te deu...kkk

      Excluir

Faça uma blogueira feliz, comente!